6 de dezembro de 2019 Mercado

Os presidentes dos países-membros do Mercosul assinaram na quinta-feira, 5, o aumento do limite de isenção para produtos comprados no exterior e levados na bagagem, de US$ 500 para US$ 1 mil. O Itamaraty explicou, contudo, que cada país tem de aprovar uma regulamentação interna – no caso do Brasil, a Receita Federal. “A norma do Mercosul não é automática, não aprovamos a norma na terça-feira, 3, e o limite aumenta. Terá de haver uma norma interna brasileira que aplicará os limites. Os Estados-membros não são obriagados a aumentar os limites atuais. A norma estabelece o valor máximo que pode ser concedido de isenção”, apontou o chefe da divisão de coordenação econômica e assuntos sociais do Mercosul, Daniel Leitão. O limite valerá para todas as compras feitas em viagens ao exterior por meio aéreo ou marítimo. O pedido para aumento foi feito pelo próprio governo brasileiro – e comemorado pelo presidente Jair Bolsonaro em seu discurso de abertura da Cúpula de Chefes de Estado do Mercosul, realizada na quinta-feira na cidade gaúcha de Bento Gonçalves. Em outubro, o ministro da Economia, Paulo Guedes, já havia assinado portaria aumentando de US$ 500 para US$ 1 mil o limite de compras feitas em free shops por brasileiros que voltam de viagem ao exterior. O novo valor começa a valer em 1.º de janeiro de 2020 e era um pedido específico de Bolsonaro à equipe de Guedes. Agora, com o acordo assinado na quinta-feira, o brasileiro poderá comprar até US$ 2 mil no exterior no próximo ano sem a cobrança de imposto – US$ 1 mil em compras na bagagem e US$ 1 mil em compras feitas nos free shops. No caso da cota de compra nos free shops, cada país tem autonomia para reajustar limites. Mas para fazer o mesmo em viagens para o exterior, é necessário que todo o bloco, como união aduaneira, aprove a proposta. Em transmissão ao vivo pelo Facebook, Bolsonaro comemorou os resultados da reunião. “Demos mais um passo para a efetivação do nosso acordo entre o Mercosul e a União Europeia”, afirmou. “É a pressa, que nós temos, de cada país aprovar esse acordo e, nós, o mais rápido possível. Vai demorar ainda, talvez até o final do ano que vem ou final do outro ano, mas vamos implementar esse acordo.” Informações: jornal O Estado de S. Paulo.

Compartilhe:

NOTÍCIAS RECENTES

mini-noticias

4 dicas de como economizar e investir para viajar

6 - dezembro - 2019 - Finanças Viagens
mini-noticias

O Cartão Visa Travel Money vale a pena?

6 - dezembro - 2019 - Viagens
mini-noticias

Vender ou comprar moedas: o que levar em conta?

6 - dezembro - 2019 - Finanças moedas Viagens
mini-noticias

Sobrou dinheiro da sua viagem? Saiba o que fazer!

6 - dezembro - 2019 - Mercado moedas Viagens
mini-noticias

Brasil dobra para US$ 1 mil limite de compra no exterior

6 - dezembro - 2019 - Mercado Novidades

Notícias Relacionadas

Sobrou dinheiro da sua viagem? Saiba o que fazer!

Sobrou dinheiro da sua viagem? Saiba o que fazer!

Geralmente costumamos levar mais dinheiro para o exterior, por segurança, quando a viagem é bem planejada, com antecedência e sem preocupação, não é? Se você começou a viajar com frequência agora para o Brasil e ainda não sabe como proceder com a sobra das notas estrangeiras, continue com a leitura deste blog post! Vamos teLer Mais
> Ler mais 3 de janeiro de 2020 - Mercado
Moedas estrangeiras em tempo de alta: como proceder?

Moedas estrangeiras em tempo de alta: como proceder?

Você é uma dessas pessoas que sonha em reduzir os custos da sua tão sonhada viagem? Neste blog post vamos te mostrar como proceder mesmo com as moedas estrangeiras em tempo de alta. Quer saber mais? Acesse!
> Ler mais 11 de outubro de 2019 - Mercado
Evite novas conversões de moedas: chegue ao seu destino com a moeda local

Evite novas conversões de moedas: chegue ao seu destino com a moeda local

A instabilidade do câmbio muitas vezes engana e faz com que gastamos mais do que realmente precisamos. Por isso, é importante fazer uma cotação cambial com pelo menos seis meses de antecedência para que você aproveite ainda mais a sua viagem. Vai viajar e quer ficar atualizado sobre o assunto? Então, é só continuar com a leitura!
> Ler mais 27 de junho de 2019 - Mercado
Dólar cai ante real com sentimento positivo sobre Previdência

Dólar cai ante real com sentimento positivo sobre Previdência

O dólar caiu ante real nesta sexta-feira, com otimismo ligado à reforma da Previdência mas com os investidores monitorando aversão ao risco no exterior após ameaças tarifárias dos Estados Unidos ao México e com dados fracos da China.
> Ler mais 31 de Maio de 2019 - Mercado
Você sabe o que é câmbio flutuante?

Você sabe o que é câmbio flutuante?

Saber o que é câmbio flutuante é muito importante para entender como é definido o valor de uma moeda. Cada país possui uma maneira de regular esse valor, que leva em conta inúmeros fatores e é determinado, muitas vezes, pelo regime cambial flutuante. Para entender o termo, é só continuar com a leitura! Entenda aLer Mais
> Ler mais 10 de abril de 2019 - Mercado

Encontre a loja Turcambio mais próxima de você!

Procurar lojas